AIP - Associação Industrial Portuguesa
DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO -13 dezembro 2021

Presidente da AIP defende que PT 2030 deve conter programas e instrumentos de redimensionamento

“São necessários e prementes programas e instrumentos de redimensionamento que devem ser contemplados no Portugal 2030” defendeu José Eduardo Carvalho no webinar “Perspetivas do PT 2030 - Incentivos e instrumentos financeiros” que a AIP, em parceria com a Vida Económica, realizou dia 7 de dezembro. O presidente da AIP, que considera que a capitalização e o redimensionamento são fatores fundamentais para o robustecimento do tecido empresarial, fez o retrato da atual situação, agravada com a crise provocada pela pandemia: “Há 192 mil empresas que, no exercício de 2020, apresentaram resultados líquidos negativos. Há 115 mil empresas que têm capitais próprios negativos. Há 166 mil empresas que têm EBITDA negativo. Há 83 mil empresas cujo EBITDA gerado não foi suficiente para cobrir os custos financeiros. E 92 mil empresas têm um VAB negativo”.

Como podem as PME participar em emissões de obrigações grupadas? Conheça o benchmarking internacional

No âmbito do projeto “Soluções de Financiamento para Pequenas e Médias Empresas” cujo objetivo principal passa por melhorar e diversificar o acesso ao financiamento por parte das PME, a AIP em parceria com a PwC fez uma análise de benchmarking das experiências já existentes em França e Itália de lançamento de obrigações grupadas. Está Portugal preparado para uma emissão grupada de obrigações multissetorial, para PME economicamente viáveis com potencial de internacionalização? A AIP está a trabalhar com o BCP, a PwC e entidades públicas na conceção e montagem de uma operação de emissão de obrigações grupadas. Mais informações: editen@aip.pt ou 21 360 10 55.

Saiba defender-se de eventuais prejuízos causados por utilização abusiva: faça o registo da marca com apoio da AIP  

Qualidade de elemento ou sinal distintivo dos serviços ou produtos, a marca é também um fator de posicionamento no mercado. É essencial que os detentores de uma marca a protejam de utilizações abusivas por parte de terceiros. O mecanismo legal de defesa da marca contra os potenciais usurpadores é o registo da mesma. O registo da marca constitui uma mais valia para o desenvolvimento do negócio porque oferece a garantia de autenticidade da mesma e de defesa de usurpação por parte de entidades terceiras. A marca pode ser registada ao nível nacional, com efeitos em Portugal, ou ao nível comunitário ou internacional. A AIP dispõe de um serviço que apoia as empresas a preparar todo o processo e a submetê-lo junto das entidades competentes. Contacte-nos para obter esclarecimentos e para o envio de uma proposta de serviço: consultoria@aip.pt ou 213 601 013.

Parcerias estratégicas alavancam crescimento das PME nos mercados internacionais

Quer garantir o crescimento do negócio internacional da sua PME, através da criação e desenvolvimento de parcerias estratégicas com grandes empresas e grupos fortemente internacionalizados? É um dos objetivos da nova edição do projeto conjunto de internacionalização que a AIP está a promover, o PME Connect II. Caso queira participar contacte-nos: editen@aip.pt ou 213 601 055.

Venha conhecer Centro de Negócios da Junqueira e encontre as instalações que procura

A AIP tem disponível para arrendar, a preços competitivos, no Centro de Negócios da Junqueira, uma área útil total de cerca de 375 m2 distribuída por dois edifícios. As áreas livres variam entre 18 m2 e os 112 m2. Já com 60 empresas instaladas, os escritórios, de várias dimensões e tipologias, dispõem de infraestruturas e facilidades de serviços. A localização é privilegiada, entre a Rua da Junqueira e o rio Tejo, e o complexo empresarial inclui parqueamento privativo. Com capacidade entre 3 e 50 pessoas, a AIP dispõe ainda de um conjunto de salas para reuniões e formação. Aceda ao vídeo de apresentação do espaço. Mais informações: nuno.borges@aip.pt ou 21 360 11 40/10 63.
SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS Siga-nos no Facebook Siga-nos no Lindekin
ciclo webinares: inovação, sustentabilidade e crescimento das empresas