AIP - 183 anos ao serviço das empresas
Departamento de Comunicação - AIP | Praça das Indústrias | Tel.:+351 213 601 000 (geral) | geral@aip.pt

ATUALIDADE

Resultados do 2º inquérito ao contexto empresarial – maio 2020
Resultados do 2º inquérito ao contexto empresarial – maio 2020

Das quatro medidas de apoio à liquidez das empresas, moratórias, lay-off, diferimento das obrigações fiscais e contributivas, financiamento, a última tem tido maiores problemas de execução. Os resultados do inquérito permitem analisar as causas, as quotas dos bancos de aprovação e não aprovação, mútuos contratados e recebidos, prioridades de prorrogação das atuais medidas, novas medidas de liquidez e evolução das intenções de despedimento. Aceda ao relatório ou veja o vídeo.

Quer instalar um drive-in junto ao rio Tejo?
Quer instalar um drive-in junto ao rio Tejo?

O espaço ideal para um drive-in em Lisboa, junto ao Tejo, existe. Com cerca de três mil metros quadrados e capacidade para mais de 150 automóveis, usufrui de uma localização privilegiada, tendo como pano de fundo a ponte 25 de Abril. Trata-se do parque de estacionamento da praça das Indústrias, propriedade da AIP. Está disponível para este ou outro tipo de eventos. Mais informações: nuno.borges@aip.pt ou 213 601 140.

Obtenha todos os esclarecimentos e apoio sobre o Programa ADAPTAR dirigido às Micro, Pequenas e Médias Empresas
Obtenha todos os esclarecimentos e apoio sobre o Programa ADAPTAR dirigido às Micro, Pequenas e Médias Empresas

No âmbito do apoio a investimento das empresas de adaptação às novas condições do contexto da pandemia da doença COVID-19, o Decreto-Lei nº20-G/2020, de 14 de maio, estabelece um sistema de incentivos, denominado Programa ADAPTAR. Dirigido às Micro, Pequenas e Médias Empresas, este programa abrange todos os setores, com exceção da pesca, aquicultura, produção agrícola primária e florestas, algumas atividades económicas do setor da transformação e comercialização de produtos agrícolas, financeiras e seguradoras, defesa, lotarias e outros jogos de apostas. Os apoios são atribuídos sob a forma de subvenção não reembolsável e a taxa de incentivo a atribuir é, sobre investimentos realizados, de 80% sobre as despesas elegíveis para as microempresas e de 50% para as PME. Mais esclarecimentos e apoio nas candidaturas: consultoria@aip.pt  ou 21 360 10 20.

Dia 26, AIP promove webinar “Metalomecânica e tecnologias de produção - e depois da pandemia?”
Dia 26, AIP promove webinar “Metalomecânica e tecnologias de produção - e depois da pandemia?”

“Metalomecânica e tecnologias de produção - e depois da pandemia?” é o tema do webinar que a AIP promove, em parceria com a UAL, dia 26 de maio, das 17h às 18h. As palavras de abertura “Do contexto ao impacto nas pessoas” estão a cargo de Reginaldo Almeida, da UAL. Segue-se o painel “O rearranque para um novo normal”, moderado por Francisco Jaime Quesado, e que conta com intervenções de Sandra Maximiano, do ISEG, que irá abordar o assunto “Novos mercados, novas cadeias de valor”, e de José Manuel Fernandes, da Frezite, que se pronunciará sobre “Os desafios da fileira”. A fechar, Filipe Sousa Martins, da AIP, enunciará algumas ideias sobre “Desafios e oportunidades para as empresas portuguesas” no novo contexto. Participação gratuita, mas sujeita a inscrição.

Conheça os riscos da falta de cibersegurança nas PME: webinar gratuito dia 4 de junho
Conheça os riscos da falta de cibersegurança nas PME: webinar gratuito dia 4 de junho

Sensibilizar e alertar as PME sobre os riscos de ataques cibernéticos é o objetivo do webinar “Cibersegurança - a sua empresa está protegida?” que a AIP, em parceria com AFCEA Portugal, vai realizar, dia 4 junho, das 11h às 12h. Com moderação de Mário Carmo Durão, da AFCEA Portugal, Lino Santos, do Centro Nacional de Cibersegurança, fará a primeira intervenção sobre “A cibersegurança em Portugal”. Seguir-se-á Manuel Coelho Dias, da Marsh Portugal, que abordará o tema “A visão das empresas sobre o risco cibernético”. A cargo de Pedro Machado, do Núcleo de Cibersegurança da AFCEA, ficou a apresentação “Desafios e boas práticas para as empresas”. Filomena Pires, da AIP, fará o fecho. Inscrições gratuitas, mas sujeitas a inscrição. Mais informações: internacionalização@aip.pt.

Equipamento de proteção individual continua a destacar-se nas oportunidades de negócio
Equipamento de proteção individual continua a destacar-se nas oportunidades de negócio

Pasta de celulose e papel crepe; e luvas de nitrilo de marca branca; são alguns dos produtos procurados no âmbito das oportunidades de negócio internacionais que a AIP esta semana divulga. Têm origem, entre outros mercados, na Finlândia, França, Itália, Espanha. Em complemento, todos os meses são colocadas na plataforma Enterprise Europe Network mais de 500 oportunidades de negócio internacionais.Se tiver interesse em conhecer estas e outras oportunidades de negócio contacte EEN.Portugal@aip.pt. Solicite apoio gratuito.

Adira à maior rede europeia de apoio às PME e aceda a novas oportunidades de negócio
Adira à maior rede europeia de apoio às PME e aceda a novas oportunidades de negócio

A Enterprise Europe Network constitui a maior rede de serviços de informação e aconselhamento às empresas na Europa. Dispõe de cerca de 600 pontos de contato espalhados por mais de 60 países. Em Portugal, a AIP coordena a atuação desta rede na Península de Setúbal, Médio Tejo, Lezíria do Tejo, Oeste e Algarve. Entre outros serviços gratuitos de apoio à atividade das PME, é disponibilizada informação sobre oportunidades de negócio, de cooperação empresarial e de acesso a novos mercados. Integrar esta rede significa receber apoio privilegiado sobre parcerias internacionais e informação sobre programas europeus, financiamento europeu, consultas públicas setoriais, nova legislação, acesso facilitado a assuntos ligados à propriedade industrial, e apoio em questões relacionadas com inovação. Mais informações: EEN.Portugal@aip.pt. Preencha formulário de adesão.

Imobiliário e construção têm novas oportunidades apesar da crise
Imobiliário e construção têm novas oportunidades apesar da crise

Apesar da crise que afeta o setor, algumas oportunidades estão a surgir, como o previsível aumento da procura de moradias, sobretudo nas regiões fora das áreas metropolitanas. Esta foi uma das conclusões apontadas no webinar “E depois da pandemia? – imobiliário e construção”, que a AIP promoveu, em parceria com a UAL, dia 19 de maio. Moderada por Francisco Jaime Quesado, a vídeo conferência abriu com Reginaldo Almeida, da UAL, e contou com exposições de Sandra Maximiano, do ISEG, e de Ricardo Sousa, da Century21. A Filipe Sousa Martins, da AIP, coube o fecho do webinar, no qual participaram 150 gestores de PME. De salientar os seguintes indicadores: em março, as vendas de habitações caíram 8%, agravando-se esta quebra para 20% em abril, segundo Ricardo Sousa. Uma quebra superior à do arrendamento, que caiu 12% em 29% dos imóveis.

Declaração final da reunião da AICO de 29 de abril
Declaração final da reunião da AICO de 29 de abril
Reunida por vídeo conferência, no passado dia 29 de abril, a Associação Iberoamericana de Câmaras de Comércio e Indústria, na qual a AIP assegura uma vice-presidência, analisou a atual conjuntura e as medidas que devem ser tomadas para apoiar o setor empresarial durante a pandemia. Aceda à declaração final.

ASSOCIADOS

DIELMAR produz máscaras de proteção social para empresas
DIELMAR produz máscaras de proteção social para empresas
Com a atividade "core" suspensa, a DIELMAR dedicou-se, na atual conjuntura, à produção de máscaras, pelas mãos das suas costureiras, com a qualidade e conforto “Made in Portugal by DIELMAR”. A ideia é ajudar a proteger a saúde dos portugueses e a economia de nacional, evitando importações. O fabrico das máscaras é feito em vários modelos e tecidos, que protegem da Covid-19. A DIELMAR tem capacidade de produção instalada para fornecer pequenas, médias ou grandes empresas. Aceda à tabela de preços para retalho e para grandes quantidades. Mais informações: geral@dielmar.pt ou 272 900 900.
Advancefusion apoia PME que recorram ao Regime Extrajudicial de Recuperação de Empresas
Advancefusion apoia PME que recorram ao Regime Extrajudicial de Recuperação de Empresas

O procedimento RERE (Regime Extrajudicial de Recuperação de Empresas) alia a recuperação financeira da empresa com a concessão de benefícios fiscais de grande relevância e aplicação imediata, nomeadamente, isenções no âmbito dos impostos sobre o rendimento, IMT e Imposto de Selo. As isenções pretendem facilitar os interesses dos credores e fomentar o “turn around” do negócio em situação financeira difícil. Nos próximos meses, as empresas enfrentam desafios financeiros que podem ser resolvidos via processo RERE, menos burocrático e 100% extrajudicial com participação obrigatória da Segurança Social, AT e sob a égide do IAPMEI. Mais informações: advancefusion@outlook.com ou através dos telefones 210 136 026 e 912 568 585. Conheça-nos em http://www.advancefusion.net/.

Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito celebra 60 anos com nova marca no escaparate
Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito celebra 60 anos com nova marca no escaparate

Vidigel é a nova marca de desinfetante para mãos produzida pela ACVCA – Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito. Fundada em 27 de Maio de 1960,  a empresa já doou mais de 1500 litros do antisséptico no âmbito da “Missão STOP Covid-19”. Gel pode ser adquirido na loja e online. Obtido a partir de aguardente vínica, o gel antisséptico da Vidigueira começou a ser distribuído de forma gratuita em março a diversas entidades, ação de solidariedade realizada pela Adega em conjunto com as destilarias Vinisol, de Rio Maior, e Ferreira Gomes & Filhos, de Tomar, também associadas da AIP, que deram um precioso contributo na oferta e transporte de álcool.

FISCALIDADE

Guia de apoio às medidas de mitigação da Covid-19
Plano de ação para a transição digital 2020: A e-residency e as Zonas Tecnologicamente Livres

Ao longo dos últimos anos Portugal tem elaborado vários planos com vista à modernização e digitalização da economia com o auxílio da tecnologia. São exemplos disso a criação dos chamados Vistos Tech, a criação do estatuto dos Residentes Não-Habituais destinado a atrair quadros de empresas, nomeadamente empresas do setor tecnológico, científico e de I&D. Em alinhamento com as políticas de investimento definidas para a União Europeia no período 2021-2027, nomeadamente com os eixos da inovação, digitalização, transformação económica e apoio às pequenas e médias empresas, o Governo aprovou a Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2020, que aprova o Plano de Ação para a Transição Digital (“PATD”), tendo a referida Resolução sido publicada em Diário da República no dia 21 de abril de 2020. Aceda à análise da Rogério Fernandes Ferreira & Associados.

Webinar: E DEPOIS DA PANDEMIA? Metalomecânica e Tecnologias de Produção