A Vista Alegre Atlantis registou lucros de 1,3 milhões de euros no primeiro semestre de 2017. A internacionalização tem dado frutos, valendo já 72% do negócio.

A contribuir para este valor estão vendas de 41,1 milhões de euros, numa subida homóloga de 16%. Os mercados externos representam 72% deste total ou 29,4 milhões de euros, segundo mostra a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No que se refere à internacionalização, a cotada elege como mercados encarados prioritários o México, a Índia, a Itália e a França. Foi neste último país que a centenária marca de porcelana lançou as suas primeiras lojas em Junho e prevê terminar o ano com um total de cinco.

O mercado interno representa 11,7 milhões de euros, muito devido à estratégia de abertura de lojas próprias na área metropolitana de Lisboa em parceria com as marcas Bordallo Pinheiro, Casa Alegre e Silampos.

A empresa do grupo Visabeira diz ter realizado investimentos no valor de 2,3 milhões de euros durante o primeiro semestre.

O grupo Vista Alegre Atlantis fechou 2016 com lucros de 1,7 milhões de euros, invertendo o ciclo negativo dos cinco anos anteriores. Só em 2011 tinha registado lucros pela primeira vez em nove anos.