A portuguesa Latourrette Consulting, start-up com sede no Porto, criou e forneceu a tecnologia que permitiu a abertura online de um milhão e cem mil contas-poupança do Bancolombia, entidade que contratou há dois anos a empresa para transformar digitalmente diversos produtos e serviços bancários.

 

Especialista em soluções tecnológicas de gestão documental para PME, a Latourrette Consulting fechou o ano com mais de 50% do seu volume de negócios realizado no Brasil e na Colômbia, depois de ter participado numa missão empresarial da AIP naquele país hispânico.

 

Atualmente, o Bancolombia possui 10 milhões de contas-poupança, das quais 3 milhões 100 mil são contas-ordenado, e 1.100 foram abertas digitalmente.

 

Até a alguns meses atrás, para abrir uma conta-poupança, era necessário ir a um dos balcões do Bancolombia.

 

Agora, para o fazer é necessário apenas o cartão digitalizado e um computador ou dispositivo móvel. Os dados básicos a introduzir são o nome, a data de nascimento e os rendimentos mensais.

 

Realizar o processo digitalmente pode demorar cerca de cinco minutos, enquanto outrora, numa agência, podia rondar os 20 minutos, dependendo do número de pessoas em espera.

 

Futuro assenta nas soluções “touchless” e na robotização dos processos de negócio

 

A consultora do Porto vai também reforçar a sua aposta na oferta Bizdocs, em parceria com a Sage: implementa soluções de transformação digital, utilizando tecnologias Kofax e Microsoft e prevê crescer nos sectores financeiro, segurador, retalho, transportes, com projectos à medida, e através de rede de parceiros.

 

A empresa, dirigida por Carlos Latrourrette, facturou mais de um milhão de euros em 2017 e vai continuar a apostar na integração “seamless” de tecnologias de mobilidade, gestão inteligente de conteúdos, com captação automática e inteligente de informação, agilização de processos de negócio com tecnologias de BPM, analítica para medir a performance dos negócios e dos processos, recursos de Robotic Process Automation (RPA), aprendizagem automática e inteligência artificial para automatização de tarefas humanas.

 

O objectivo é implementar e entregar soluções de “Toucheless Computing” [ou seja, com o mínimo de intervenção humana] aos clientes em todo o mundo e de todas as dimensões, desde as grandes empresas, com soluções à medida, até às mais pequenas, com Bizdocs.

 

A Kofax continua a ser o parceiro “core”, além da Microsoft com Office 365 e Azure, dos parceiros de hardware, como a Xerox, Visioneer e Avision e a HP. A parceria com a Sage é recente e baseada num acordo de parceria global, usando o Bizdocs para todo o mundo, de modo a que, em 2018, possa aceder a uma rede de 600 parceiros do fabricante.

 

Está também a desenvolver parcerias locais com produtores de software de contabilidade, no Brasil e noutros países.

 

Para a Latourrette, o futuro assenta nas soluções “touchless”, em termos de gestão documental. “Touchless Computing” significa que os processos assistidos por tecnologias tenham o mínimo de intervenção humana possível. Ou seja, robotização dos processos de negócio.