A regularização da atividade de prótese dentária em Portugal e a defesa dos interesses técnico-científicos dos seus profissionais são alguns dos principais objectivos da Associação Portuguesa de Técnicos de Prótese Dentária (APTPD), nova associada da AIP, com sede em Lisboa e liderada por Tiago Santos.

A criação de uma Ordem das tecnologias da saúde, onde está englobada a profissão de técnico de prótese dentária, é uma das prioridades da APTPD, associação de âmbito nacional fundada em 1996, sem fins lucrativos, que se dedica à salvaguarda dos interesses profissionais e deontológicos dos seus membros.

Podem ser sócios todos os profissionais que sejam detentores de cédula profissional de técnico de prótese dentária, ou aqueles que frequentam o curso de licenciatura em prótese dentária.

A profissão de técnico de prótese dentária é definida pelo Decreto-lei 289/91 como sendo regulamentada, ou seja, é uma atividade profissional cujo exercício se processe a coberto de um título profissional (cédula profissional) reservado a quem conclua com aproveitamento um dos cursos de técnico de prótese dentária reconhecidos pelo Ministério de Saúde, ministrados em instituições de ensino superior.

“A APTPD apela à participação de todos os técnicos de prótese dentária na associação para que a criação da Ordem das Tecnologias da Saúde seja uma realidade e a auto-regulação da profissão dos técnicos de prótese dentária um direito”, sublinha Tiago Santos, presidente da direcção.

“Numa sociedade civilizada impõe-se que cada uma das estruturas profissionais que a compõe se apresente organizada e com mecanismos próprios de regulação da sua atividade, para proteger a qualidade do produto oferecido e beneficiar de uma concorrência sã”, explica.

Para o dirigente máximo da APTPD “a participação de um número significativo de profissionais no movimento associativo, confere legitimidade às instituições que os representam na reivindicação dos direitos que lhes são devidos”. 




Denominação: ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE PRÓTESE DENTÁRIA (APTPD)

Concelho: Oeiras

Sector: Serviços

CAE: Outras actividades associativas, n.e.

Presidente da Direcção: Tiago Santos

Produtos/serviços: Congressos, seminários, webinars, sessões de esclarecimento, contatos com instituições da área da prótese nacionais e internacionais, publicação de informação e eventos nas escolas onde decorre formação de técnicos de prótese dentária.

Principais objectivos de curto e médio prazo: Criação da ordem, estrutura profissional de inscrição obrigatória, que permite a auto-regulação da profissão dos técnicos de prótese dentária; estudo, pesquisa e investigação para o progresso científico na área da prótese dentária; defesa e promoção dos interesses sociais, técnico-científicos e profissionais dos seus associados, incluindo a formação, educação e profissionalização dos jovens; proporcionar e dinamizar ligações sociais e profissionais entre os seus associados; dar parecer sobre as diversas matérias relacionadas com o ensino de prótese dentária junto às instituições de ensino, bem como de entidades editoriais de revistas ou artigos; prestar qualquer esclarecimento para a devida regularização da profissão e atividade de prótese dentária em Portugal; desenvolvimento de atividades que promovam a interação social assim como o enriquecimento científico e tecnológico (congressos, encontros, seminários, ações de formação, etc.); e divulgar e representar a imagem dos técnicos de prótese dentária junto das autoridades e entidades que regulamentam a profissão.