As políticas públicas de infraestruturas ibéricas de transporte e logística

Posição tomada pelo Vice-Presidente da AIP -Confederação Empresarial. José Eduardo Carvalho, no encontro ibérico com a CECALE - Confederação das Organizações Empresariais de Castilla y Leon, em Valladolid no dia 27 setembro 2010

(…) “O aparecimento recente de operadores privados de transporte ferroviário irá necessariamente fazer crescer este tráfego. A parceria Takargo (grupo privado Mota Engil)/COMSA, através da Ibercargo está a assegurar uma quota crescente desse tráfego na Península Ibérica, nomeadamente na via Lisboa/Entroncamento/Barcelona. Este facto, e o recente abandono da via Entroncamento/Madrid, por parte da Ibercargo, demonstra a vocação e a competitividade do caminho-de-ferro, para transporte em massa em distâncias de médio e longo curso, mas a menor competitividade em distâncias mais curtas. (…)