A Quinta dos Avidagos, implantada na região do Douro, marca presença em cerca de 25 países, sendo a China o mercado que mais se destaca, seguido do Japão, Suíça, Reino Unido, Alemanha, entre outros. Prepara a entrada em novos mercados, nomeadamente na Coreia do Sul, EUA, Bélgica e Brasil.

Três séculos de história e várias gerações ligam a família Nunes de Matos à agricultura e à vitivinicultura na região do Baixo Douro.

 

A firma explora quatro quintas localizadas num raio de cinco quilómetros da Régua, na região do Douro, e um total de cerca de 70 hectares de vinha, onde se inclui a Quinta da Varanda (1665), a Quinta do Torrão (1730) e a Quinta da Fírvida e Além Tanha (1940).

 

Existente desde 1757, a Quinta dos Avidagos, em Santa Marta de Penaguião, é uma das mais antigas da região. É aqui onde se encontra a casa da família e o lagar.

 

A marca tem procurado reforçar o seu posicionamento no mercado nacional, sobretudo através de parcerias com garrafeiras e restaurantes, como o Moules, no Porto, e com supermercados, como o E.Leclerc, Intermarché ou El Corte Inglés.

 

Atualmente, a Quinta dos Avidagos tem uma gama extensa que vai do Avidagos Branco, Rosé e Tinto ao Quinta dos Avidagos Reserva Tinto, Quinta do Além Tanha Tinto e Quinta dos Avidagos Grande Reserva Tinto.

 

As castas autóctones, como a Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz, para os tintos e o Gouveio, Rabigato ou Viosinho para os brancos, permitem obter toda a personalidade e o carácter dos “terroirs” do Douro.