No âmbito das iniciativas que tem promovido em conjunto com as embaixadas da Federação Russa, do Cazaquistão e da Geórgia, a AIP recebeu, dia 4 de dezembro, uma delegação de oito importadores russos, dos quais metade interessados no setor das rochas ornamentais e outros tantos no setor dos vinhos. Da oferta nacional, a AIP reuniu mais de duas dezenas de empresas.  Os produtores de vinho eram provenientes das regiões do Alentejo, Lisboa, Douro, Dão, Bairrada e Pico. A origem das empresas produtoras de rochas ornamentais, principalmente mármores e granitos, era Estremoz, região Oeste e Aveiro. Às reuniões individuais seguiram-se visitas a algumas das empresas no dia 5, agendadas de acordo com interesse mútuo.

Para além da sessão de abertura, onde foram apresentadas as companhias nacionais aos empresários russos e vice-versa, seguiram-se reuniões individuais organizadas de manhã e à tarde. No caso do setor dos vinhos, houve lugar a prova em cada reunião.  Houve igualmente espaço para networking nacional.

Esta ação inseriu-se no projeto conjunto “Negócios no Mundo”, cofinanciado entre 40% a 50% no âmbito do Portugal 2020 e copromovido com as associações empresariais regionais AEBB, NERA, NERBE/AEBAL, NERC, NERE, NERPOR e NERSANT. Em 2020 estão previstas novas iniciativas que contemplarão igualmente a vinda de importadores de outros mercados.