VALE INCUBAÇÃO

ATÉ 28 DE DEZEMBRO PARA TODAS AS REGIÕES DO CONTINENTE

Consultoria para serviços de incubação na área do empreendedorismo imprescindíveis para o arranque das empresas, incuindo serviços de gestão, marketing, assessoria jurídica, financiamento e desenvolvimeno de produtos e serviços. Incentivo máximo não reembolsável de 7.500 euros.

Background Image

OBJETIVO
Dinamizar a capacidade empreendedora
e fomentar as condições para a aceleração
e o sucesso de novas empresas

BENEFICIÁRIOS
Micro e pequenas empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.

Product Image
SERVIÇOS DE CONSULTORIA

- Apoio na definição/consolidação do modelo de negócios
-Acompanhamento na gestão operacional do negócio (incluindo gestão comercial, planeamento financeiro e controlo de gestão)
- Tutoria e capacitação na gestão
Serviços de Marketing
- Apoio na estruturação da estratégia de comunicação/marketing
- Apoio na divulgação da atividade, produtos e serviços
- Apoio na estruturação/consolidação do processo de internacionalização
Serviços de Assessoria Jurídica
- Assessoria e apoio jurídico
Desenvolvimento de produtos e serviços
- Apoio à digitalização de processos de negócios
- Apoio à proteção/valorização de direitos de propriedade intelectual
Serviços de Financiamento
- Apoio a programas de empreendedorismo e inovação
- Apoio no contacto com investidores e entidades financeiras

CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DO BENEFICIÁRIO

Gerais
- Estarem legalmente constituídos e disporem de contabilidade organizada
- Terem situação tributária e contributiva regularizada na AT e SS
- Declarar que não se trata de uma empresa dificuldade ou sujeita a injunção de recuperação
- Declarar que não tem salários atrasos
Específicos
- Corresponder a um empresa criada há menos de um ano
- Não ter projectos aprovados ou em fase de decisão nas tipologias de investimento "empreendedorismoqualificado e criativo" e "inovação produtiva PME" e no vale incubação;
-Ter iniciado a incubação física na entidade acreditada selecionada, após a data de candidatura, situação a comprovar através do contrato de prestação de serviços a formalizar com aquela entidade;
- Comprometer-se a executar o plano de incubação no máximo de 12 meses
-Comprometer-se a apresentar o plano de incubação a desenvolver com a incubadora através do seu gestor operacional.

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

Geral:
Decreto-Lei nº159/2014, de 27 de outubro.
Portaria n.º 57-A/2015 de 27 de fevereiro, RECI
Portaria n.º 181-B/2015 de 19 de junho, Alteração ao RECI
Portaria n.º 211-A/2016 de 2 de Agosto, Alteração ao RECI
Portaria nº 142/2017, de 20 de abril, Última alteração ao RECI

Específica:
Aviso 23/SI/2018, de 31 de Julho de 2018

INCENTIVO

Incentivo não reembolsável de 75% das despesas elegíveis (40% para Região de Lisboa) com limite de €7.500 (€5.000 para projetos na região de Lisboa).

Contacte-nos: financiamento@aip.pt | 213 601 055